Fígado cá!

imgp2242

A pretexto de um arroz de pato vimo-nos com dois belissimos fígados da ave, cortesia do talhante para que a dita acusa-se um pouco mais de peso na balança. Aproveitou-se para repetir uma experiência passada, desta vez com maior sucesso.

Cortou-se uma cebola roxa de Cinfães do Douro que fritou depois em manteiga. Tudo temperado com sal e ervas. Noutra frigideira grelharam-se levemente os fígados (queremos aquele ponto em que o miolo fica avermelhado no final) temperados com um pouco de sal grosso. Quando a cebola (ou se preferirem e tiverem acesso as chalotas) está naquele ponto de transparência que já não oferece resistencia ao leve corte com um garfo, juntam-se os fígados e acrescenta-se cebolinho (cortado, óbviamente). Umas voltas depois vai tudo directamente para a picadora.

imgp2231

Uma a duas colheres de nata espesa em cima e premir o “on” da máquina até triturar tudo. Obtem-se uma pasta (pasta, pâté, percebem a ligação?). Siga para uma taça de vidro ou outro recipiente que não plástico. Frio com ele durante pelo menos 3 horas ( a espera compensa). Deliciem-se com o preparado, que connosco foi barrado em fatias finas de pão de milho (não, não era broa).

imgp2234

“Pâté” is a French word which means a mixture of minced meat and fat. Pâté is a form of spreadable paste,It is generally made from finely ground or chunky mixture of meats and liver, and often with additional fat, vegetables, herbs, spices or wine.


In French or Belgian cuisine, pâté may be baked in a crust as pie or loaf, in which case it is called pâté en croûte or baked in a terrine (or other mold), in which case it is known as pâté en terrine. Traditionally, a forcemeat mixture cooked and served in a terrine is called a terrine. The most famous pâté is probably pâté de foie gras, made from the fattened livers of geese. Foie gras entier is plain goose liver cooked and sliced, not made into pâté. In Holland, Finnland, Germany, Hungary, Sweden and Austria, some liver pâtés are shaped as a soft, often spreadeble sausage, called leverworst (Dutch) or Leberwurst (German). In the United States these are sometimes called “liverwurst” (mixing English and German), or Braunschweiger. Some liverwurst can be sliced. In the US, sliced liverwurst is used as a sandwich filler. Others are spreadable as most French or Belgian pâté; these types are more popular in England.

In Scandinavia, leverpostej is a baked pâté similar to the French pâté en terrine, usually made of pork meat and liver. According to Danish opinion, it is the most popular cold cut in Danmark.

In Russia and Ukraine, the dish is mostly prepared with liver and thus is commonly known as печеночный паштет (Russian, pechonachniy pashtet), however other meats also can be used. Unlike the Western European method the liver is first boiled and mixed with butter and/or fat and seasoning, such as fresh or fried onion, spices and herbs. It can be further cooked (usually baked), but most often is used without any other preparation. The pâté is served on bread, often with dill or other fresh herbs.

Anúncios

Autor: Filipe Antolin

Curiosamente à procura de outros pontos.

1 thought on “Fígado cá!”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s